Usar bicicleta em dias de chuva

Não, isto não será um problema, se você estiver minimamente paramentado. Para aqueles que fazem da magrela seu meio de transporte preferencial, a aquisição de uma calça, jaqueta e capas impermeáveis para os sapatos; haverá de ser um investimento a ser considerado. Se no verão não formos para o trabalho ou estudo de bicicleta, porque está um calor de rachar; no inverno, porque está muito frio e; nos dias como hoje 21/01/2010 (Curitiba) porque está chovendo…Quantas oportunidades nos sobrarão para fazer da bicicleta nosso meio de transporte ?

Vejamos o exemplo do pessoal que usa a motocicleta. Os prevenidos estão sempre com suas jaquetas e calças de chuva. Existem também tais aparatos específicos para ciclistas, o problema é encontrá-los aqui no Brasil onde, por não haver demanda, não há por conseguinte a oferta.

Mas vejamos as conversas de nossos amigos de além mar, quando o assunto é padalar em dias de chuva: fórum bbt.

Vasculhando aqui na Internet, até encontrei os produtos da fabricante AGU que os portugas falam. A calça encontrei por 19, a capa para sapatos por 15 e o poncho por 27, tudo em euros. Infelizmente, não encontrei no Brasil. Mas acho que conversando e trocando informações em nossa rede de contatos, haveremos de encontrar. Mesmo porque, podem existir fabricantes nacionais que já confeccionam produtos que sejam, realmente, impermeáveis.

Outra coisa que nos falta também e, esta é mais uma frente, das muitas em nossas lutas; é o embarque de bicicletas nos ônibus, ao menos nos biarticulados – pela questão do espaço – que são providos de plataforma de embarque. Mas aí já é coisa que está muito além do que a comunidade, como um todo, apoiaria, mas é um tema que, com certeza mereceria um post próprio.


Uma ideia sobre “Usar bicicleta em dias de chuva

  1. Com relação à chuva tenho uma solução.
    Tenho umas roupas de chuva as quais comprei no Uruguay. Consiste de um conjunto completo para chuva (calça e jaqueta). Na bicicletada levarei alguns exemplares.
    Abraços!

Interaja! Se gostou ou desgostou, deixe aqui seu ponto de vista: