Marcha das 1000 Bicicletas de Curitiba 2011

Falar em 1000 bicicletas é eufemismo. Havia muito mais que isso. Pouco depois das 17h começaram a chegar os primeiros ciclistas na Praça Santos Andrade.  Em pouco tempo a praça estava completamente ocupada e as bicicletas começaram a tomar conta também das ruas paralelas ao prédio histórico da UFPR.

O clima, maravilhoso, depois de um dia quente – 20o é o que basta para um curitibano dizer que “está morrendo de calor”-, a noite veio com todo vigor primaveril, propícia para uma boa pedalada. Era quase 19 horas quando a Marcha partiu da praça, uma verdadeira comunhão de não-poluentes, libertos da carro-dependência  e queimadores – de calorias!

Palavras de ordem, como nas Bicicletadas – que inclusive acontece neste sábado, dia 24, às 10 horas, saindo do pátio da reitoria da UFPR -, apitos, bicicletas de todos os naipes e todas as tribos: fixas, cross, barra-fortes, bicho-grilo, speed, cicloturista, cecizinha e todas as que não citamos aqui também.

Mais do que se reunir em torno de uma data simbólica e comemorativa, resta agora aos mais de 1000 multiplicadores do uso do meio de transporte mais sustentável do planeta (segundo a ONU), unir forças e contribuir para o fortalecimento da entidade representativa de todos os ciclistas de nossa cidade, a Cicloiguaçu. Abaixo algumas fotos da Marcha, caso alguém saiba de outras, por favor, indique-nos que publicamos aqui o link.

ATUALIZAÇÃO (24 set, 16h30min): neste link, estão todas as fotos em alta resolução. São zilhões de pixels para serem usados à vontade, só por favor, coloquem os créditos em forma de link para : bicicleteiros.com.br . Caso alguém queira alguma foto e não esteja disposto a baixar os 270 Mbytes do arquivo compactado, pode solicitar aqui nos comentários. [nggallery id=20]


13 ideias sobre “Marcha das 1000 Bicicletas de Curitiba 2011

  1. Pingback: Clipping: Dia Mundial Sem Carro 2011 em Curitiba | bicicletada curitiba

  2. Foi muito legal participar desta pedalada.
    Quero mais, quero mais bicicletas, quero mais as pessoas se olhando no olho e vendo que nós somos de carne e osso e que somos todos iguais. Ninguém precisa de um carro caro ou bonito para se sentir feliz. Somos felizes quando estamos juntos e unidos por um mundo melhor para todos.
    Vamos pedalar e amar.

  3. Com certeza tinha mais do que 1000 bicicletas, alguns sites não estão sabendo contar.
    Parabéns a quem organizou, a quem divulgou e quem participou.
    Já que o prefeito não andou de bicicleta no dia sem carro, EU FUI e PEDALEI !

  4. Parabéns aos organizadores, estava lindo.
    Deveríamos fazer uma manifestação dessas por semana, sempre no horário do rush, atazanar esta cidade até pintarem as ciclo-faixas.

  5. Realmente, o dia estava propicio para a mobilização.
    eu fui e confesso que a adrenalina estava como o nome da marcha a 1000.!!!
    parabéns aos organizadores e a todos que atenderam ao chamado e
    mais uma vez deixamos a nossa marca e o nosso recado!!!

  6. Eu quero pedalar mais, quero ver a cidade mais bonita, mais amistosa, eu quero ver o respeito entre os motoristas e os ciclistas!

    E o jornalzinho que disse que tinham apenas 500 ciclistas está por fora, pq eles não pedalaram junto com a gente, assim talvez a matéria tivesse os numeros corretos!

  7. Pingback: Marcha das 1000 bikes 2011 | Do Atlântico ao Pacífico

  8. Olha, a reunião foi linda, só o fato de as pessoas terem ido, participado, curtido aquele momento de identidade, atuado num ato relevante, que poderia ter passado uma mensagem mesmo sem um único grito, foi absurdo!!!!! Realmente, quando se diz centenas de bicicletas, é um algo como dizer que o movimento de ontem foi pequenininho…. Passou de um milhar de bicis!!!!! E havia todas as bikes, com todos os gostos, pessoas sorrindo, conversando, curtindo, pedalando…. e avançando!! Avanço, acredito que, apesar dos jornais e da mídia pragmática, o movimento marcou muita presença, a presença marcou muito as pessoas!! Tinha gente aplaudindo, sorrindo, incentivando, correndo atrás…. porém, houveram momentos muito muito tristes, que talvez, tenham envolto quase tudo numa névoa atroz…. o momento em que um ciclista, dito profissional, saiu correndo, com uma raiva incontida, e acertou o vidro lateral de um caminhão com um cadeado de moto…. ou o momento em que as pessoas das bicicletas começaram a xingar os motoristas dos carros e das motos sem nenhum motivo…. isso foi triste.
    Mas, poderia ter uma dessa por mês…. agora foram um pouco mais de mil presenças…. talvez a próxima conte com quase duas mil…. talvez, consigamos, em um pequeno tempo, alcançar umas cinco mil presenças…. quem sabe!!!! Dependerá também da nossa determinação em ser mais fortes do que a ignorância ou o tradicionalismo…. viva um dos melhores meios de transportes já inventados!!!!

  9. (esse está melhor….)
    Olha, a reunião foi linda, só o fato de as pessoas terem ido, participado, curtido aquele momento de identidade, atuado num ato relevante, que poderia ter passado uma mensagem mesmo sem um único grito, foi absurdo!!!!! Realmente, quando se diz centenas de bicicletas, é um algo como dizer que o movimento de ontem foi pequenininho…. Passou de um milhar de bicis!!!!! E havia todas as bikes, com todos os gostos, pessoas sorrindo, conversando, curtindo, pedalando…. e avançando!! Avanço, acredito que, apesar dos jornais e da mídia pragmática, no sentido de o movimento ter marcado muita presença, a presença marcou muito as pessoas!! Tinha gente aplaudindo, sorrindo, incentivando, correndo atrás…. porém, houve momentos muito muito tristes, que talvez, tenham envolto quase tudo numa névoa atroz…. o momento em que um ciclista, dito profissional, saiu correndo, com uma raiva incontida, e acertou o vidro lateral de um caminhão com um cadeado de moto…. ou o momento em que algumas das pessoas das bicicletas começaram a xingar os motoristas dos carros e das motos sem nenhum motivo…. isso foi triste. Ainda não dá para entender a índole humana, principalmente, quando se encontra em grupo….
    Porém, apesar desses descompassos, poderia ser uma dessa por mês…. desta vez foram um pouco mais de mil presenças…. talvez a próxima conte com quase duas mil…. talvez, se consiga, em um pequeno tempo, alcançar umas cinco mil presenças…. quem sabe??!! Dependerá também da determinação de todos em ser mais fortes do que a ignorância ou o tradicionalismo…. viva um dos melhores meios de transportes já inventados!!!! Viva os lugares onde a bicicleta nos leva!!!!

  10. Eu participei.
    Eu participei mas não foi para protestar por que não dão bola para os ciclistas….. não por causa das faixas que não fazem…..
    Eu fui por que gosto da cidade que moro, das pessoas, de andar de bicicleta, e de ver as coisas por outro ângulo…… (quem anda de bicicleta sabe o que eu quero dizer….. )
    Por gostar é que eu fui……. para fazer a diferença, para dizer pra todo mundo e pra mim mesmo que não fiquei acomodado, estou vivo…….
    Vi gente bonita, vi crianças, palhaços, capitão, o Plá….. , meus amigos, gente de gravata, gente gente……. gente…..

  11. Pingback: Bicicleteiros

  12. Pingback: Clipping: Dia Mundial Sem Carro 2011 em Curitiba | Bicicletada Curitiba

Interaja! Se gostou ou desgostou, deixe aqui seu ponto de vista: