A imprensa já enxerga as bicicletas como meio de transporte em Curitiba, os donos do poder não!

Os meios de comunicação de Curitiba, por intermédio de seus jornalistas e todos os outros operários da informação, estão fazendo um trabalho que merece aqui ser louvado. Muitos dos posts aqui deste blog, assim como de outros, são pautados pelo que sai na imprensa, isto quando não o são simples republicações de notícias e reportagens publicadas nos jornais.

Hoje saiu no caderno Vida e Cidadania da Gazeta do Povo mais uma reportagem abordando o uso das bicicletas como meio de transporte. Assinada pelo Rafael Waltrick e com fotografias da Aniele Nascimento, A “jornada dupla” dos bikers, retrata com a mais idônea e apurada técnica jornalística, a realidade dos que optam pelas bicicletas em Curitiba. Deu voz às “vítimas” (ao menos em potencial) da falta de estrutura cicloviária na cidade e, também, aos “algozes” desta situação.

Do lado dos ciclistas, as mesmas e cansadas queixas de falta de espaço (ciclovia e ciclofaixas) e de respeito por parte dos cidadãos motorizados; já os gestores públicos, como de praxe, naquela alquimia do discurso, transformando ínfimas realizações em obras monumentais. Sem contar que o futuro – por se resumir a “projetos” serve como alicerce retórico – é o tempo verbal predileto de quem não fez, não faz e, provavelmente, não fará.

O jornal Metro e o portal Paraná On Line, com a mesma sensibilidade, também retratam a questão das bicicletas em Curitiba.

 


Interaja! Se gostou ou desgostou, deixe aqui seu ponto de vista: