Fotografias da Bicicletada Curitiba de Abril/2015, Ghost Bike Magoo

Galeria

Esta galeria contém 48 fotos.

Neste sábado, dia 25 de abril de 2015, foi realizada a Bicicletada Curitiba e junto, mais uma,triste, Bike Ghost . Impensável é lembrar que, no domingo passado, participávamos de outra Ghost Bike, aquela, em memória da Mari Kakawa e, a … Continuar lendo

Em Curitiba, ciclovias ao longo das Canaletas têm que virar Lei

Mobiliza Curitiba, por uma cidade para as Pessoas - que pedalam, inclusive!

Mobiliza Curitiba, por uma cidade para as Pessoas – que pedalam, inclusive!

O Plano Diretor de Curitiba está em debate, não podemos perder esta grande oportunidade de inserir a Bicicleta nesta discussão. Para tanto, a Frente MOBILIZA CURITIBA já apresentou uma proposta onde se prevê Estrutura Cicloviária ao longo das vias lentas que margeiam as canaletas.
Só com a  PARTICIPAÇÃO E APOIO de tod@s @s Ciclistas desta cidade conseguiremos aprovar as excelentes propostas apresentadas pela Frente:

2. Ciclovias ao longo dos eixos estruturais Diagnóstico Os eixos estruturais conduziram e conduzem o desenvolvimento da cidade. Ao longo dos eixos, o zoneamento é diferenciado e há maior acesso à infraestrutura. Os eixos estruturais se caracterizam pelo uso diversificado, ao contemplarem as canaletas de ônibus e as vias para os carros. Entretanto, não há previsão de estrutura para os ciclistas nas estruturais. Continuar lendo

Em setembro as bicis florescem em Curitiba

artbicimobi2014Todo mês de setembro acontece em Curitiba o ArtBiciMobi. É uma festa para os pedalantes. Fruto do empenho, trabalho e muita dedicação das mesmas Pessoas – com “P” maiuscúlo – que, há anos, se dedicam à causa da ciclomobilidade na capital paranaense. Luis Patrício, Fernando Rosenbaum e Tissa, Jaques Brand, Belotto, Fabs, Goura (pra federal vote 4330), Fábio Esquentadinho, Guilherme Caldas , Anaterra Viana, entre tantos outros que infelizmente este escrevente aqui não conheceu mas que também, com todo mérito, podem se saber citados e partícipes na lista desta arguta galera.

Segue abaixo a programação completa das atividades para este ano de 2014, participem:

ArteBiciMob14 Calendario

Será que finalmente poderemos parar de andar na canaleta?

 

Pelo menos num pequeno trecho da Sete de Setembro parece que sim, como já foi noticiado pelo blog Ir e vir de bike, a avenida 7 de Setembro esta sendo reformada  com marcação no chão com área especifica para transito de bicicletas:

Marcação na pista

Marcação na pista sendo feita

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Confesso que fiquei surpreso, pelo que parece esta sendo algo bem feito, uma pista bem marcada e com largura razoável, nos dois sentidos da Av. Sete de Setembro. Seria interessante que isso fosse feito em todas as canaletas, e em todas grandes avenidas e binários, dai sim teríamos uma cidade verdadeiramente ciclável.

 

detalhe da marcação do cruzamento, muito bem marcada.

detalhe da marcação do cruzamento, muito bem marcada.

 

Bike-box no semáforo, coisa de primeiro mundo

Bike-box no semáforo, coisa de primeiro mundo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Vale lembrar que essa obra em questão é um pouco mais de 1% do que foi prometido pela prefeitura, mas já é um começo.

 

 

 

Plano diretor cicloviário de Curitiba

Foi divulgado o mês passado o plano diretor cicloviário de Curitiba, já foi postado em alguns blogs, sites, etc, mas quando mais divulgado melhor:

 

Aqui um mapa detalhado:

http://www.curitiba.pr.gov.br/multimidia/00136678.pdf

 

Só espero que saia do papel e que seja bem feito (de preferência com a consultoria de ciclistas) Se for só para jogar asfalto em alguma calçada e dizer que é ciclovia, melhor nem fazer…

 

 

 

Doutor Ricardo Rosa praticamente mata ciclista e diz que “não viu”

Ricardo Rosa, médico que já foi socorrista, conforme reportagem da Rede Record, atropelou violentamente o ciclista Rafael de Almeida Oliveira, que teve traumatismo craniano e está entre a vida e a morte na UTI do Hospital Cajuru em Curitiba. O atropelamento aconteceu na segunda-feira, dia 1º deste mês e o condutor do veículo só se apresentou na Delegacia de Trânsito no dia 5, sexta-feira. Continuar lendo

Dinheiro Público X Ciclovias

Hora do Rush na Holanda

Hora do Rush na Holanda

Alguns dias atrás o prefeito da cidade de São Paulo afirmou que lançará um plano de mobilidade que inclui 400 km de ciclovias, esse número que parece imenso é na verdade ainda pequeno para uma cidade com uma malha viária de 18.000 km. A representatividade é muito pequena proporcionalmente falando, porém serão 400 km a mais e ao contrário que se possa parecer esse investimento é praticamente uma capitalização, pois existem alguns estudos que demonstram que ciclovia gera economia, para os novos ciclistas, para os que precisam realmente do carro, para o sistema de saúde, para as empresas, para a engenharia de tráfego, para os policiais que fiscalizam o trânsito e mais uma dezena de outros aspectos envolvidos nesse mote de melhorias. Continuar lendo

Dieta das ruas: Curitiba também merece!

Neste excelente vídeo vemos como o compartilhamento de ideias pode ser muito últil e enriquecedor. Alargar as calçadas diminui a distância para o pedestre atravessar a rua, simples. Limitar as ruas à uma faixa por mão reduz a velocidade da via, pois aí quem dita o ritmo é o motorista prudente que obedece as regras de trânsito. O apressadinho ficará condicionado à velocidade dos que respeitam o limite de velocidade, simples também. Continuar lendo

Ônibus X ciclistas – o outro lado da historia

É bem comum conflitos e acidentes envolvendo ciclistas x motoristas de ônibus, e muita queixa por parte dos ciclistas reclamando de fechadas, finas, etc. É um consenso que muitos dos motoristas de ônibus são despreparados e não respeitam os ciclistas, mas é sempre bom ouvir o outro lado da história… Continuar lendo

1ª Copa Panga Feminina de Ciclismo é sucesso em Curitiba

Joceli Armstrong, no centro, foi a vencedora da 1ª Copa Panga Feminina

Joceli Armstrong, no centro, foi a vencedora da 1ª Copa Panga Feminina

24 de janeiro de 2013. Foi esta a data onde tudo começou. Primeira Copa Panga Feminina. Mais bonitas que as meninas do nado sincronizado. Mais fortes que a Rebeca Gusmão. E mais velozes que muitos pangarés que, na maior cara de pau, estavam sofrendo para conseguir ficar na roda de nossas potentes ciclistas. Se não acredita, veja o álbum de fotos. Continuar lendo